segunda-feira, 9 de setembro de 2013

FMF pode fazer novo rodizio de técnicos na seleção mexicana

Justino Compeán presidente da FMF
Desde que assumiu a presidência da FMF, Justino Compeán já elegeu oito técnicos diferentes. Nomeado em 2006, Compeán iniciou seu mandato convidando o histórico ex-jogador Hugo Sánchez, logo após a Copa do Mundo de 2006 na Alemanha.

No entanto Justino Compeán não aceitou a eliminação nos jogos olímpicos de Pequim e resolveu fazer sua primeira alteração no comando da seleção mexicana, saindo Hugo Sánchez e convidando o sueco Sven-Göran Eriksson, que assim como o técnico Chepo saiu poucos meses antes da Copa do Mundo de 2010, devido a várias derrotas no hexagonal final de 2009.

Já em 2010 o técnico escolhido foi o "salvador" Javier Aguirre, que comandou a seleção durante a Copa do Mundo na Africa do Sul. No entanto após a eliminação para a Argentina o próprio Javier Aguirre decidiu sair e foi se aventurar no futebol espanhol. Para o seu lugar Compeán criou seu primeiro rodizio de técnico, convidando Enrique Meza e Efraín Flores até a confirmação do técnico José Manuel de la Torre, que não conseguiu bons resultados, mas recebeu apoio de Compeán até a derrota contra Honduras. 

Até o momento o técnico mexicano é o ex-auxiliar Luis Fernando Tena, que apesar de não ser confirmado como técnico da seleção mexicana, será o comandante na partida contra os EUA durante a fase final do Hexagonal final.

0 comentários:

Postar um comentário

banner

 
Design by @VitorBrunoMA