segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Monterrey perde para o Kashiwa nos pênaltis e está eliminado do Mundial


Sob os olhares atentos dos jogadores do Santos, espalhados pelo estádio em Toyota, e do técnico Muricy Ramalho, o Kashiwa Reysol garantiu vaga nas semifinais do Mundial de Clubes da Fifa ao derrotar o Monterrey, do México, por 4 a 3, nos pênaltis, após empate por 1 a 1 no tempo normal. Os gols da partida foram marcados por Leandro Domingues para os japoneses, e Suazo para o time mexicano.

No estádio em Toyota, Paulo Henrique, Edu Dracena, Muricy Ramalho... Todos acompanhando o duelo sob uma temperatura de oito graus. Apesar de alguns espaços vazios na arena, a partida empolgou pelo desempenho do Monterrey no primeiro tempo, e do Kashiwa Reysol na etapa final do confronto.

Agora, Santos e Kashiwa Reysol se enfrentam na próxima quarta-feira, às 8h30m (de Brasília), em partida válida pelas semifinais do Mundial de Clubes. O vencedor vai encarar Barcelona ou Al Sadd, do Qatar, que duelam na quinta-feira, em Yokohama.

O lance mais contestado do segundo tempo da prorrogação aconteceu aos dez. Leandro Domingues recebeu na entrada da área, deu um corte no zagueiro e foi derrubado. O árbitro mandou o lance seguir, irritando os japoneses. A decisão da vaga foi para os pênaltis.

Logo na primeira cobrança, Luiz Perez bateu e o goleiro Takanori defendeu. Além dele, o arqueiro Orozco também desperdiçou a sua oportunidade. Tanaka ainda errou para os japoneses, que mesmo assim garantiram vaga na semifinal do Mundial.

Fonte: Globo

0 comentários:

Postar um comentário

banner

 
Design by @VitorBrunoMA