terça-feira, 11 de outubro de 2011

Seleção mexicana decepciona em casa


Quem acreditava que a seleção mexicana invicta a mais de um ano venceria fácil o Brasil que passa por uma remodelação, se decepciono.

E simplesmente não podemos culpar um único jogador, senão a total desistência mexicana na partida, e as más alterações do técnico Chepo de la Torre.

O jogo começou tranquilo para os mexicanos que jogando em casa, se soltaram e e conseguiram o primeiro gol com um chute cruzado de Pablo Barrera, e ainda poderiam marcar outro, quando Daniel Alves empurrou Chicharito dentro da área, sendo expulso e cometendo pênalti para el Tri.

Muitos esperavam a cobrança de próprio Chicharito, depois acreditavam que quem iria bater era o capitão Rafa Márquez. no entanto Guardado, que não fazia uma boa partida foi para a batida, e chutou muito fraco, fácil para o goleiro brasileiro Jefferson.

No segundo tempo com um jogador a mais, se esperava uma pressão mexicana, no entanto, Chepo de la Torre com seu famoso estilo 'retrancado', segurou o time que atuava demasiadamente calmo retrancado e tocando a bola no setor defensivo.



Chepo resolveu tirar Efrain Juárez que marcava muito bem Neymar, e Torres Nilo que estava extremamente atrapalhado na lateral esquerda. Recuando Salcido como lateral e colocando Rafa Márquez como volante. o que ajudou muito nas criações, até o momento que o técnico Azteca resolve tirar Pablo Barrera, que sem dúvida foi o melhor mexicano em campo. Deixando o time recuado e se força para o contra-ataque.

O empate brasileiro veio com uma boa cobrança de falta de Ronaldinho Gaucho, que o goleiro Oswaldo não conseguiu defender. Após sofrer o empate é que veio a decepção para a torcida, jogando em casa, e com um a mais em capo, a seleção mexicana não esboçou nenhuma reação ofensiva, e continuou segurando resultado. O que facilitou para o Brasil virar no final da partida com um golaço do lateral esquerdo Marcelo.

A parti bonita da partida foi a substituição do goleiro homenageado Oswaldo Sánchez que foi ovacionado pelos mexicanos ali presentes, e a parte feia foi sem dúvida, a falta de garra dos jogadores mexicanos, e as péssimas alterações do técnico Chepo, que perde sua invencibilidade no comando da seleção mexicana.

0 comentários:

Postar um comentário

banner

 
Design by @VitorBrunoMA