México está pronto para a Copa do Mundo;

Termina a preparação mexicanana para a Copa do Mundo.

Cuauhtémoc Blanco se despede da seleção mexicana;

Jogador histórico tem seu jogo de despedida.

Lista Oficial da Seleção mexicana;

Conheça os 23 mexicanos que estarão no Brasil.

Chicharito na Capa do FIFA 14;

Chicharito foi o escolhido para dividir a capa com Messi;

O México já venceu uma Copa das Confederações;

E o zagueiro Rafa Márquez era revelado para o mundo;

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Miguel Herrera: "Eu festejo sem controle. E vocês?"

Piojo herrera perdendo o controle na comemoração
Apesar de a Copa do Mundo ainda ter alguns jogos para fechar a fase de grupos, já dá para dizer que o técnico Miguel Herrera, do México, é uma das grandes figuras do Mundial. Rei dos selfies e eufórico nos festejos após os gols, o simpático ex-lateral de 46 anos que jogou toda a carreira em seu país agora resolveu lançar uma campanha em sua conta oficial em uma rede social. Ele pede que os fãs mandem fotos com suas comemorações e marquem com a hashtag #PiojoFestejo.

"Eu festejo sem controle. E vocês? Mandem uma foto com sua comemoração usando a hashtag #PiojoFestejo (ou #PiolhoFestejo, uma alusão ao próprio apelido El Piojo" publicou o comandante mexicano. 

Após derrotar a Croácia, o México se garantiu nas oitavas de final da Copa do Mundo. Seu próximo desafio será a Holanda, às 13h (de Brasília), deste domingo, na Arena Castelão.

Otimista, Peralta diz que Holanda não é invencível e mira título da Copa

"São jogadores como qualquer outro, não?"

A pergunta de Oribe Peralta aos jornalistas no CT Rei Pelé resume bem o sentimento dos jogadores do México antes das oitavas de final contra a Holanda, em duelo que será disputado na Arena Castelão, em Fortaleza, no próximo domingo, às 13h. Para os comandados de Miguel Herrera, o discurso é de confiança absoluta diante dos europeus, mas sem esquecer de enaltecer as qualidades do adversário.

Na visão de Peralta, o futebol apresentado pelo México no Grupo A da Copa do Mundo não credencia a equipe apenas a avançar de fase como também a coloca entre as favoritas ao título no Brasil. E o segredo disso, segundo o atleta, está na união do elenco.

"Sim, eles têm muita qualidade, mas não são invencíveis. Sabemos que podemos ganhar e temos que trabalhar em equipe. Estamos muito unidos e focados no que queremos. Temos claro o objetivo de sermos campeões do mundo" – afirmou.

Um dos atletas mais experientes do México, o capitão Rafa Márquez jogou a pressão por uma vaga nas quartas de final para os holandeses. O zagueiro disputa em 2014 a sua quarta Copa do Mundo seguida

"Sim, também acho. É uma equipe grande, com história, e, sim, é a favorita" – disse.

Ao contrário de Peralta, o defensor tratou de acalmar os ânimos dos mexicanos e evitou falar sobre os objetivos da seleção na Copa do Mundo. Ainda assim, ele reconheceu o bom momento vivido pelos jogadores no Brasil.

"Estamos animados, motivados por essa partida e por essa oportunidade, mas sabemos que temos muito pela frente. Eu creio que estamos bem, estamos fazendo um grande trabalho" – finalizou Peralta.

Dono da melhor defesa da Copa com um gol sofrido, ao lado de Costa Rica e Bélgica, o México terá pela frente o ataque mais positivo do torneio: 10 gols marcados em três jogos da Holanda.
Fonte: Globo

segunda-feira, 23 de junho de 2014

Croácia x México: duelo entre muralha e artilheiro

Rafa Márquez comanda a melhor defesa da Copa
Sorteado sem chamar atenção, Croácia x México tornou-se um dos jogos mais atraentes da primeira fase. O enredo do Grupo A deu alma de mata-mata ao duelo da terceira rodada: é mínima a chance de as seleções avançarem juntas às oitavas de final. A única possibilidade é um empate na Arena Pernambuco e derrota do Brasil para Camarões, já eliminado. Os dois jogos começam às 17h. 

O duelo particular entre Mandzukic e Ochoa polariza as atenções. O jogador do Bayer de Munique personifica o ataque mais positivo do Grupo A, com cinco gols. O goleiro representa - melhor do que qualquer outro - a defesa até aqui intransponível do México. Das outras 31 seleções, só a Nigéria também não foi vazada.

Ochoa chega embalado pela atuação brilhante contra o Brasil, quando foi eleito o melhor em campo pela Fifa. O sucesso do goleiro surpreende, tendo em vista que sua titularidade só foi confirmada dias antes da estreia. A situação de Mandzukic é distinta. Suspenso contra o Brasil, devido a uma punição sofrida nas eliminatórias, o atacante fez o que se esperava dele diante de Camarões, seu primeiro jogo numa Copa do Mundo: marcou duas vezes na goleada por 4 a 0.

Mandzukic tem muita moral com os companheiros. O meia Luka Modric, titular do Real Madrid e craque do time croata, mandou um recado para Ochoa.  
- Com todo o respeito ao Ochoa, ele (Mandzukic) já marcou gols em goleiros melhores. Tem mostrado sua qualidade no Bayern.

A princípio, a equipe comandada por Niko Kovac não deve ter mudanças em relação à vitória sobre Camarões. O meia brasileiro Sammir deve ser mantido no lugar do volante Kovacic, alteração feita pelo técnico após a estreia.



No México, o técnico Miguel Herrera não vê por que mexer no que tem dado certo. Seria um risco desnecessário, até porque a eliminação soaria como desastre a quem se acostumou a passar de fase nas últimas Copas. Os mexicanos invadiram o Brasil - é a segunda maior torcida - em busca da sexta classificação consecutiva.

- Temos uma pequena pressão, mas a Croácia precisa buscar o resultado. Então, entra mais pressionada. Mesmo assim, seremos ofensivos - garantiu Herrera.

A Croácia tenta repetir o feito de 1998, quando surpreendeu o mundo ao atingir as semifinais. As lembranças da geração do artilheiro Suker são inesquecíveis e inspiram. Nas outras duas participações, em 2002 e 2006, os croatas caíram na primeira fase. Nesta segunda-feira, a missão é calar uma Arena Pernambuco tomada por mexicanos.
Fonte: Globo

Técnico elogia torcida e diz que Fifa exagera ao ameaçar punir México


Serenata em frente ao hotel, corredor de torcedores para recepcionar o ônibus da delegação e a simpatia dos pernambucanos, conquistada com irreverência. Após todas essas demonstrações, o técnico Miguel Herrera não tem dúvidas: o México jogará em casa nesta segunda-feira contra a Croácia (às 17h, em horário de Brasília). Contando com apoio maciço de mexicanos que tomaram conta do Recife nos últimos dias, o treinador afirmou que os atletas entrarão na Arena Pernambuco ainda mais embalados

Miguel Herrera apoia torcida mexicana
"Quando jogamos contra o Brasil, sentimos a força do hino nacional e, mesmo com apenas 30% do estádio, ouvimos a força da nossa torcida. Contra a Croácia, seremos a equipe mandante. Teremos o apoio da torcida, e certamente os nossos jogadores entrarão ainda mais motivados. Ouvir o nosso hino e "Cielito Lindo" (música tradicional dos mexicanos, que em português ganhou uma versão com "Está chegando a hora") será algo que nos fortalecerá."

Empolgado com a participação da torcida, Herrerra afirmou que os jogadores estão conscientes da representatividade da partida contra a Croácia e que isso servirá como combustível.
"Nossos torcedores estão curtindo o Mundial, assim como fazem os nossos jogadores. Sabemos da importância que isso tem e o que representa. Por isso, os garotos estão se dedicando a cada treinamento. Eles sabem da importância, e isso os motiva".

O técnico definiu como exagerada a ameaça da Fifa de punir o México (e o Brasil) pelos gritos dos torcedores no momento em que os goleiros cobram o tiro de meta. Para ele, a entidade deveria compreender que a palavra usada não é homofóbica.

"Eles não querem ofender. É uma forma de brincar, e essa é uma expressão que tem vários significados. Nossos torcedores estão apenas querendo curtir o Mundial e fazer uma grande festa."

O México, que soma quatro pontos, precisa apenas de um empate diante da Croácia, que tem três, para garantir a vaga para as oitavas de final. O Brasil é o líder do Grupo A e também tem quatro pontos, mas saldo de gols superior (dois contra um). Enfrenta a eliminada seleção de Camarões.
Fonte: Globo

sábado, 21 de junho de 2014

Mascote do México percorre o Recife para cativar torcida pernambucana

Mascote mexicano tira fotos em Recife
Antes mesmo do desmarque no Recife, marcado para este sábado - às 19h50 -, o México já iniciou a campanha para conquistar o coração dos pernambucanos e garantir o apoio extra no duelo contra a Croácia, nesta segunda-feira, na Arena Pernambuco. Já na cidade, Kino, o mascote da seleção, passeou pelo Recife Antigo, andou de catamarã e ainda esteve no estádio do Sport, onde vestiu a camisa que o clube para homenagear a Tri.   

Nas redes sociais, mais ações para cativar os pernambucanos. Brincadeiras com torcedores e elogios à cultura da cidade, além do aviso de que o México estará no Recife são ações constantes. 

Apesar do esforço para conquistar a torcida, o México não terá facilidade para atrair os olhares dos pernambucanos. Isso porque, no mesmo horário em que a seleção mexicana estará enfrentando a Croácia (17h), o Brasil jogará contra contra Camarões.    

As partidas definem os classificados do grupo A, que atualmente tem o Brasil como líder, com quatro pontos. Mesma pontuação do México, que ocupa a segunda posição. A Croácia vem logo em seguida, com três. Camarões, que ainda não pontuou, está eliminado.
Fonte: Globo

Fanfarrão da Copa: Herrera bomba na web e mais que dobra os seguidores

Miguel Herrera é um dos responsáveis diretos pela boa campanha do México no Grupo A, o mesmo do Brasil. O comandante do segundo colocado, com quatro pontos, empatado com a Seleção, tem seus méritos na montagem do time, mas certamente seu destaque maior durante a Copa do Mundo se dá nas redes sociais. Usuário ativo do Twitter, o "fanfarrão" mexicano mais do que dobrou o número de seguidores em exatamente um mês. Passou de 250 mil no dia 21 de maio para 619 mil fãs registrados até este 21 de junho.
Miguel Herrera é a fiura da seleção mexicana na Copa

As armas para Herrera bombar nas redes durante a Copa são as "selfies" e as publicações engraçadas. Como na postagem em que se mostrou invadindo a foto do trio Ochoa, Giovani dos Santos e Layún. Além das brincadeiras, Herrera também usa a rede social para confirmar escalações e dar informações aos torcedores. Na noite da última sexta, por exemplo, ele adiantou a intenção de manter contra a Croácia, segunda-feira, na Arena Pernambuco, o time que empatou sem gols com o Brasil.

A baixa estatura, o rosto caricato e os quilos a mais ainda ajudam a reforçar a imagem de "gente boa" do técnico brincalhão. Atuante no mundo virtual, ele interage com os fãs também pessoalmente. Autógrafos e fotos sorridente ao lado de torcedores são constantes durante as idas e vindas da seleção do México no hotel onde o time está concentrado em Santos.

Fora dos padrões de comandantes sisudos e fechados no ambiente da Copa, Herrera também é destaque por atitudes simples. Sem estilo extravagante, ele usou o metrô para ir à Arena Corinthians na última quinta-feira, quando viu de perto a vitória do Uruguai sobre a Inglaterra, por 2 a 1, com dois gols de Suárez. Membros da delegação mexicana que o acompanharam relataram espanto dos torcedores brasileiros ao vê-lo utilizando transporte público. O assédio, logicamente, foi forte.

- É um técnico diferente. Ele atende à imprensa no telefone, está aberto ao diálogo e aos torcedores, com fotos e autógrafos. Não tem problema. É muito direto na relação com os jogadores. Não dá muita informação aos atletas, nem pouca: só o justo. Fala de frente e é muito sincero. Depois de ser seu companheiro por muito tempo, posso dizer que somos amigos - diz Ricardo Peláez, diretor esportivo do México e ex-jogador.

Até o momento, o "fanfarrão" Herrera convenceu com os resultados do time dentro de campo. O desempenho dele e do México no Mundial terão influência direta na sua permanência ou saída da seleção após o torneio. Notícia que certamente será dada por ele nas redes sociais.
Fonte: Globo

sexta-feira, 20 de junho de 2014

Ochoa é alvo do Monaco e prioriza ficar na França

Ochoa deve assinar com giagante da Europa
O goleiro Guillermo Ochoa, da seleção do México, está na mira do Monaco, da França. A ótima atuação contra o Brasil não rendeu ao jogador apenas o troféu de melhor jogador do empate sem gols. Depois do jogo, o mexicano, que tem contrato com o Ajaccio, rebaixado para a Ligue 2, a segunda divisão do Campeonato Francês, entrou na mira de gigantes europeus.

Nos bastidores da concentração do México em Santos, o que se fala é que Ochoa, certamente, não ficará sem clube após deixar o Ajaccio. O contrato com os franceses se encerra em duas semanas, mas, antes disso, o goleiro já deve estar acertado com outra equipe para disputar a próxima temporada.

Além do Monaco, clube do craque colombiano Falcao García, outros gigantes europeus estariam interessados no futebol do mexicano. Segundo uma matéria publicada nesta semana no portal inglês “The Guardian”, Ochoa está na mira de Arsenal e Liverpool, rivais na Inglaterra. Mas o jogador inicialmente prefere seguir na França, país do seu atual time e onde está adaptado. 

Agora reconhecido por fãs em Santos, onde o México se prepara, Ochoa nunca conseguiu se firmar com a camisa da seleção por conta de algumas falhas. Mesmo assim, ele está disputando a sua terceira Copa do Mundo, sendo a primeira como titular. Curiosamente, o posto foi alcançado de última hora. O técnico Miguel Herrera só o definiu como goleiro principal depois do início da preparação mexicana no CT Rei Pelé. 
Fonte: Globo

banner


src="http://pagead2.googlesyndication.com/pagead/show_ads.js">

 
Design by @VitorBrunoMA